NBA Style Awards: Basquete, moda, cultura e premiação.

Que o esporte alimenta o sentimento de multidões pelo mundo você já sabe. O esporte desperta paixão, alegria, tristeza, dúvidas e agora mais do que nunca dita moda. Mesmo com 33 modalidades esportivas asseguradas em Tokyo 2020, não há nada nem ninguém que represente a moda quanto o Basketball e seus atletas. E quando estamos falando de moda não estamos nos referindo aos “modinhas” de plantão, porém arremessando a bola para vocês, afinal de contas, torcer para os Warriors é modinha ou não? A questão é que sempre haverá a “modinha”… torcer para o Lakers nos 80’s e  para os Bulls nos 90’s também era moda.

Ok but, what the Fu*k are you talking about?? Sim, estamos falando da moda, da roupa, do estilo, estamos falando de uma tendência que explodiu na sua time line.

Dê um scroll, entre nas pesquisas, dê uma stalkeada nas redes sociais e o que você mais vai ver são fotos dos caras de 2 metros “portando os kits” mais hypados do momento. Senhoras e senhores, com vocês o NBA Best Style. Mas o quê você tem a ver com isso? TUDO! Abra seu armário, olhe suas fotos, pense no seu próximo evento, noitada ou balada (o nome que você dá para sua festa não importa) e caia na real… esses caras te influenciam, e muito!!!

De Allen Iverson a Westbrook, de FUBU a Louis Vuitton

A relação do Basquete com a moda é antiga e vem dos tempos que o esporte ainda estava nas ruas. Está aí a palavra chave: RUA. Toda sua cultura está conectada ao street, a música, gírias e trash talks que despertam desejo e brilham aos olhos de quem vê. Como falamos dos anos 90′, vamos citar o queridinho da nossa geração (você pode até ser mais novo, mas quem está lendo este texto viveu os anos 80′ e 90′): Allen Iverson, A.K.A “The Answer”, roubou a cena nos 90’s quando apareceu saindo da universidade de Georgetown para a NBA usando o que hoje chamamos de Long Lines, Over Sized, Maxi T-shirts, Pants Loose Fit e Shorts XXL. O cara encorajou “uma pá” de gente a sair do armário (não use seu pré conceito aqui). Logo começaram a aparecer atletas mais tatuados, utilizando mais acessórios, e usando grandes marcas de streetwear que até aquele momento eram mais utilizadas pelos Rappers daquela geração. Kangol, Karl Kani, Tommy, FUBU, Cross Colours entre outras, eram as principais marcas do streetwear e que faziam a cabeça dos caras na época.

Até que pulamos a linha do tempo e chagamos aos dias de hoje. Louis Vuitton, Vetements, Balenciaga, Gucci, Saint Laurent, todas essas marcas caracterizadas pelos fashion weeks da vida, pelo requinte, estão cada vez mais investido no street e aí meu amigo… não tem ninguém melhor para te apresentar isso do que rappers e jogadores de basket (nosso próximo texto será sobre este assunto). Quem iria imaginar que ao lado do MVP da temporada, do Melhor Técnico do Ano, do jogador mais Defensivo do Ano, estaria o mais fashion, o mais estiloso do ano. Pela primeira vez na história a liga Norte Americana entregou o prêmio NBA Best Style na cerimonia do NBA Award, mencionando três finalistas em voto popular para eleger o mais Hype do ano. Por coisas do destino (ou não), Russel Westbrook levou esse prêmio. Na verdade dois prêmios: O de jogador mais valioso da liga (MVP) e também o de mais Style.

Fashion Games

Andre Drummond

Esse prêmio se tornou mais uma competição dentro da liga Norte Americana, e tenham certeza que na próxima temporada você presenciará a chegada para o Locker Room quase como uma passarela. Diversos vídeos apresentarão os atletas chegando ao ginásio e entrando para os vestiários na maior estica. Revistas como GQ regularmente estão falando sobre esta tendência dos atletas americanos em se preocupar com o estilo e em um canal de TV criaram o quadro “Fashion or Nah?” onde estilistas e blogueiros de moda avaliam os looks dos jogadores.  De “kits” exagerados aos básicos, o que mais queremos é assistir esses caras que realmente estão dominando tudo. Os atletas perderam a vergonha e estão contratando stylists, como por exemplo, Megan Ann Wilson que é especializa em fashion sports e veste Andre Drummond dos Pistons, Chris Douglas Roberts que hoje atua na G League (segunda divisão da NBA) pelo Texas Legends e Wesley Johnson dos Clippers. 
Se vestir bem faz parte do show. Sua roupa pode dizer quem você é, o que você quer ou onde você quer chegar. Se vestir bem deixou de ser apenas para ocasiões especiais, tem gente que precisa se vestir bem para perder a timidez, did you know?? Ahhhh e mais uma coisa, se vestir bem deixou de ser algo apenas dos fashionistas de plantão, agora todo mundo tem acesso e pode se apresentar da forma que quiser. Agora é esperar a próxima temporada da NBA para printar aquela foto do instagram, olhar de vez em quando, e na sua próxima night montar um Kit hypado! Que comecem os jogos!

Os comentários estão desativados